Como economizar em uma reforma

Blog Workay!

Notícias e conteúdos para quem busca encontrar o profissional certo sem dor de cabeça.

Como economizar em uma reforma

05 Outubro 2018

A palavra reforma geralmente causa duas sensações: a primeira delas é a empolgação em ter a sua casa do jeitinho que você sempre sonhou. A segunda delas é a preocupação com o custo para alcançar esse sonho. Está perdido em como economizar em uma reforma? Confira essas dicas da Workay!

Cuidado ao sair comprando todos os materiais

Sim, aproveitar promoções e descontos é uma ótima opção para economizar, mas essas compras precisam estar alinhadas ao planejamento da reforma. Se o orçamento está apertado, por exemplo, gastar uma grande parte comprando as tintas de nada adiantará se não sobrar para os materiais elétricos. O planejamento da reforma é fundamental e o(a) profissional encarregado(a) deve te passar todas as instruções necessárias para te guiar nesse projeto.

Não se esqueça dos custos da mão de obra na hora de planejar

Outra situação bastante comum é subestimar os custos com a mão de obra na hora de planejar, considerando apenas o que será gasto com materiais e equipamentos.

Dependendo da complexidade da obra vários (as) profissionais serão necessários (as), já que possuem diferentes especialidades. Uma boa opção é contar com empresas como a Workay que já consideram toda a equipe necessária para a reforma completa.

Defina claramente os objetivos principais da reforma e o que será feito

Imprevistos acontecem, mas evite grandes mudanças no meio das obras. O famoso “já que já quebramos isso, não custa nada fazer aquilo” é um dos principais vilões na hora de pagar a conta de uma reforma. Tenha sempre segurança antes de começar uma obra do que você deseja. Para isso, é bastante recomendado pesquisar, olhar inspirações de obras na internet e revistas, por exemplo. Isso trará mais certeza do que você quer (e também o que não quer) para evitar arrependimentos no futuro.

Avalie a sua condição para não comprometer o seu orçamento

Ninguém quer ser pego de surpreso no meio de uma obra ao perceber que não se planejou direito e ficou sem dinheiro para pagar a conta de luz. É fundamental levantar uma estimativa de todos os custos que serão necessários na obra e avaliar o quanto pesará no seu bolso. Se possível, esse valor não deve passar de um terço do seu orçamento mensal. Uma boa opção é contar com empresas que auxiliam em todo esse processo, até mesmo para indicar os melhores profissionais, pelos melhores preços. Não se esqueça de que a experiência desses profissionais em conhecer como certos materiais funcionam ou mesmo a quantidade exata a ser comprada pode reduzir bastante o seu investimento diminuindo o desperdício.